O Prêmio O Navegantes Destaque 2018 terá início na segunda-feira (13), com a abertura da votação popular no Facebook. A premiação, que está na quarta edição e os vencedores são eleitos pelo público, traz mudanças neste ano, como a expansão de 30 para 40 categorias homenageadas e a participação da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

A partir da próxima semana, o Jornal O Navegantes disponibiliza as primeiras categorias, selecionadas por sua curadoria, para votação. Outras poderão ser adicionadas pelos internautas, como já ocorria no ano passado. Também é o público que insere os nomes das empresas em cada categoria, sem nenhuma opção pré-definida pela organização do evento. Nesta primeira fase da votação, as enquetes ficarão no ar por 15 dias.

Terminado o prazo, os resultados serão enviados para a CDL, que irá avaliar cada empresa para checar se são idôneas e legalmente constituídas, já que este é um prêmio empresarial. Após a análise, será aberta a segunda fase da votação, com as 40 categorias que mais tiveram votos (independentemente se foram criadas pela organização da premiação ou diretamente pelo público), já com as empresas mais votadas da fase anterior. As 40 enquetes ficarão no ar por mais 15 dias. Os vencedores, então, serão reconhecidos no jantar de premiação, que irá ocorrer neste ano no Clube Navemar, no dia 19 de outubro.

Voto popular

Segundo Renato Sandrini, jornalista e idealizador do projeto, buscou-se nesta edição “aprimorar o caráter democrático e participativo” da promoção. Até ano passado, as categorias pré-estabelecidas pela organização eram premiadas, entretanto isto mudou e agora as criadas pelo público têm o mesmo peso. A única categoria dedicada a uma pessoa física – empresário do ano – está presente na lista do prêmio, porém só estará entre as finalistas, caso esteja entre as mais votadas no geral pelos internautas.

Prêmio é gratuito

Importante ressaltar que o prêmio é dado sem contrapartidas financeiras dos homenageados. “Ainda vemos prêmios entregues na cidade que são pagos para receber”, comentou o editor do ON. “São pesquisas que ninguém sabe onde foram feitas, ninguém viu. É simplesmente de procedência duvidosa, porque são empresas que vêm de fora, que só vivem disso, chegam aqui, diz que fizeram a pesquisa, e se você pagar leva o prêmio, se não pagar não leva”, concluiu.

Total transparência

O jantar oferecido aos vencedores é custeado pelos patrocinadores do projeto, assim como os certificados. A votação, por sua vez, é 100% transparente, já que é realizado com a ajuda da comunidade navegantina e todos podem acompanhar o resultado em tempo real no Facebook.

Valorização

Na visão de Renato, o prêmio acaba gerando uma espécie de confraternização entre a população e o empresariado. Para ele, o projeto é importante por “dar o devido reconhecimento a quem é daqui, quem gera emprego na cidade, quem arrecada e recolhe seus impostos em Navegantes”.

DEIXE UMA RESPOSTA