Acontece no dia 17 de novembro, sábado, a segunda edição do Stammtisch Navegantes o Encontro das Etnias, no bairro de Gravatá. Tendo como foco a amizade, o evento promete reunir mais de duas mil pessoas, entre visitantes e confrarias.

O evento, que fica aberto ao público das 9h às 17h, será sediado na rua Onófre Rodrigues, mais conhecida como a rua do Schuma’s Country Bar. No ano passado, foram 22 grupos, cerca dois mil participantes (entre visitantes e membros de confrarias) e dois mil litros de chope consumidos, segundo a organização. Para os visitantes, haverá serviço de bar e cozinha. Para a confraria, serão oferecidas barraca e mesa aos moldes da edição anterior, mediante aquisição de 50 litros de chope. O valor do espaço por confraria (limitado a 20 pessoas) é de R$ 150, para custear o básico do evento como banheiros, segurança privada, limpeza, taxas e divulgação.

Aqueles que tiverem interesse em participar, podem entrar em contato com um dos organizadores do evento, Silva Junior, por meio do número 99966-4647, pelo e-mail junior@grupos7.com ou direto na página do Facebook (https://www.facebook.com/stammnavegantes/).

Restando ainda duas semanas para o evento, Silva diz  já haver grupos fechados, incluindo de pessoas de fora do município, como Blumenau, Indaial e Timbó. A data escolhida em meio ao feriado foi por acaso – ela aproveita a folga do pessoal e também a pré-temporada de verão. A expectativa é que sejam formados pelo menos 25 grupos neste ano.

Brasil Esperança

Todo ano, há um tema para a festa. Nesta segunda edição, a temática é Brasil Esperança. Dentro disso, serão feitas algumas ações em prol da sociedade. A primeira delas é o Natal Solidário, que irá arrecadar brinquedos e doces para distribuir para crianças próximo ao Natal. Os beneficiados serão escolhidos por meio de votação entre a organização e membros das confrarias do evento. No ano passado, foram arrecadados alimentos para um asilo do município.

Ações sociais

Serão feitas ainda duas ações em prol da sociedade, visando especificamente a questão da sustentabilidade, ambas realizadas pela Grupo de Trabalho de Educação Ambiental de Navegantes (GTEAN). Uma será a arrecadação de lixo eletrônico. No dia, haverá um contêiner para recolhimento desse tipo de dejeto da população que passar no evento – podendo qualquer um ir apenas para o descarte, se preferir. A outra ação será a venda de copos de acrílico, para que as pessoas evitem a utilização demasiada de copos plásticos descartáveis, o que prejudica o meio ambiente.

Missão de unir

Em tempos de divisão, a ideia da festa é unir as pessoas. Portanto está proibido, conforme regulamento do evento, para os membros das confrarias irem com qualquer vestimenta ou apetrechos que remetam à políticos e partidos, times de futebol e religião. Outra regra para ser posta em prática é a do Motorista da Vez. Em cada grupo, um membro deverá ficar responsabilizado por não consumir bebida alcoólica.

DEIXE UMA RESPOSTA