A Secretaria da Saúde, por meio da Vigilância Ambiental, em parceria com a Secretaria de Obras e Subprefeitura do bairro Machados, realizou, no último sábado (10), uma ação para eliminação do perigoso escorpião amarelo. A empreitada foi realizada na rua Irineu José da Silva, que apresentava maior concentração do aracnídeo, detentor de picada que pode levar um humano à morte.

Conforme o coordenador da Vigilância Ambiental, Eduardo Leal Neto, um caminhão com eixo duplo na carroceria, pertencente à Secretaria de Obras, recolhera uma carga e meia de entulhos deixados pelos moradores na frente de seus imóveis e fez a aplicação de inseticidas, para exterminar os principais insetos que servem de alimento para o escorpião, como é o caso da barata.

“Com a retirada dos entulhos nos imóveis, como madeiras e móveis velhos, o escorpião não poderá se proliferar. Agradecemos a todos que participaram da ação e pedimos aos moradores que mantenham a limpeza de seus imóveis, pois estarão contribuindo com a prevenção do escorpião amarelo”, ressaltou.

Combate

O extermínio dessa praga vem sendo uma preocupação na Secretaria de Saúde, que recentemente adquiriu duas lanternas ultravioletas, para intensificar o combate ao escorpião amarelo no município. Os trabalhos estão voltados nesse momento, ao bairro Machados, onde existem registros do aparecimento do aracnídeo.

Qualquer local

Apesar de as ações estarem voltadas para o bairro com maior número de ocorrências, o diretor Eduardo Leal explica que a equipe pode ser acionada também para atendimento em toda a cidade. Ele alerta que ao encontrar escorpião no quintal de casa, a recomendação é procurar a Vigilância Ambiental no telefone 3185-2371 ou no prédio anexo ao Posto de Saúde Central – setor responsável pela prevenção de acidentes, inspeção e capturas.

Hábitos noturnos

O profissional pontua ainda que o perigoso escorpião amarelo (Tityus serrulatus) procura alimento à noite e utiliza-se do ferrão venenoso para defesa. “Esses animais não aparecem durante o dia, eles saem das tocas a noite, por isso, a necessidade do uso da lanterna ultravioleta para a captura”, esclareceu o diretor.

Cuidados

Leal orienta que a população deve evitar deixar entulhos e lixos no quintal e ficar atenta em muros sem reboco, madeiras empilhadas, ralos, enfim, locais escuros e úmidos.

Pronto socorro

No caso de a pessoa ser picada, deve imediatamente procurar o Hospital de Navegantes para receber o soro antiescorpiônico, utilizado para combater o veneno do escorpião amarelo.

DEIXE UMA RESPOSTA