Representantes da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e da Associação Comercial de Navegantes (Acin) apresentaram ao público na tarde de segunda-feira (08), no Centro Integrado de Cultura (CIC), detalhes sobre o projeto Inova Navegantes, que tem por objetivo modernizar o Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder através de recursos da União e de concessões para a iniciativa privada.

O projeto traz investimentos de R$ 233 milhões para o terminal aeroportuário. Esse número inclui R$ 150 milhões somente para desapropriações (sendo dividido em quatro parcelas, três de R$ 40 milhões e a última de R$ 30 milhões), valor que será repassado da União para a prefeitura.

Entre os outros investimentos estão as melhorias no terminal de passageiros, que contará com ampliação do espaço para 4 mil m², incluindo dois pares de escadas rolantes e área de retirada de bagagem com três esteiras. Serão direcionados para a empresa responsável das benfeitorias R$ 10 milhões. Estão previstos R$ 20 milhões para a construção de edifício garagem com 1007 vagas, R$ 38 milhões para o complexo logístico de cargas e R$ 15 milhões para a construção de um hotel, todas através de concessão.

Exploração

O tempo de permanência de exploração de cada empresa será diferente de acordo com o seu edital. Segundo Rinaldo de Araújo, presidente da Acin, a previsão é que o edital de concessão do hotel deva ser lançado até o final de maio, enquanto os das demais obras devem sair no segundo semestre.

Aprovou

Um dos vereadores presentes na reunião, Murilo Cordeiro (PT) diz ter tido uma boa impressão sobre o projeto e que ficou bastante satisfeito com os números e o modelo de concessão. Para ele, caso o aeroporto venha a receber essas melhorias nos próximos anos, poderá oportunizar novos negócios na cidade, mais investimentos, geração de emprego, além de mais tributos municipais e estaduais.

Privatização

Em paralelo ao projeto Inova Navegantes está o plano de privatização do terminal aeroportuário navegantino. Na semana passada, em encontro na quinta-feira (04), o governador catarinense Raimundo Colombo (PSD) conversou com o presidente Michel Temer (PMDB) sobre a inclusão do Aeroporto de Navegantes na próxima rodada de concessões e o chefe do Executivo nacional teria dado o sinal verde.

Reunião em breve

Segundo a assessoria de comunicação do Governo do Estado, o assunto está sob análise do ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco. Apesar de não ter havido uma confirmação por parte da assessoria, fala-se em uma reunião já na próxima semana entre o governador e o ministro, que pode oficializar a inclusão do aeroporto na relação.

Contra privatização

O presidente da Acin discorda da ideia de privatização e acredita que o caminho seguido pela associação e a Infraero, com outorgas para cada tipo de obra entregues a empresas especializadas de cada área, é o melhor neste momento, além do fato de já estar em andamento e ter respaldo técnico.

Expôs motivos

De acordo com Rinaldo, nos dois anos em que está trabalhando no projeto Inova Navegantes, conversou com diversos representantes de empresas que privatizaram outros aeroportos pelo país, porém chegou-se a conclusão de que não seria viável privatizar o Aeroporto de Navegantes com o fluxo anual de usuários, que chega a 1,4 milhão de passageiros ao ano, menos da metade da movimentação do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, de Florianópolis, que recebe cerca de 3,7 milhões de passageiros por ano.

DEIXE UMA RESPOSTA