Desde o início de 2017, após uma experiência de sucesso com o projeto de monitoramento de lontras no rio Itajaí-Açu, estudantes e professores da Escola Municipal Izilda Reiser Mafra, em Navegantes, estão envolvidos no Projeto Horta Comunitária. A iniciativa faz parte de um Programa de Educação Ambiental conduzido pelo Grupo Acquaplan e mantido pela empresa Huisman do Brasil desde a sua instalação no município, em 2015, em atendimento às legislações ambientais para suas operações.

O projeto busca incorporar interesses das instituições locais (escola municipal, posto de saúde, Secretaria Municipal de Agricultura e Epagri) de estruturar um espaço de horta comunitária no terreno entre a escola e unidade de saúde do bairro Volta Grande. Um ano após seu início, além da farta colheita, os jovens e seus orientadores garantiram investimento do Ministério da Educação na ordem de R$ 10 mil para 2018, voltado para a construção de um sistema de irrigação para as plantas.

As atividades do Projeto Horta Comunitária foram planejadas no fim de 2016 e tiveram início em março de 2017. Em maio, começou a construção dos canteiros da horta, realizada durante o contraturno escolar. O solo, em terreno dentro da escola, estava muito compactado, o que dificultou a preparação dos canteiros.

Ferramentas

O problema foi solucionado em abril, quando o Programa de Educação Ambiental (PEA) da Huisman comprou os materiais e equipamentos básicos para iniciar a horta, como pás, enxadas, botas, carrinhos de mão, entre outras ferramentas.

Preparação do solo

Orientados pelo professor de geografia Eriberto Nunes, um grupo de estudantes iniciou a preparação do solo. A construção dos canteiros seguiu até início de junho, quando teve início uma campanha para envolvimento dos moradores vizinhos da escola no projeto, para doação de esterco.

Primeira colheita

Nos meses de junho e julho, devido às provas escolares e às férias, os trabalhos na horta foram reduzidos. Mesmo assim, houve plantio de mudas de ervas medicinais, hortaliças e temperos como couve, alface, morango, feijão, almeirão, agrião; salsinha, cebolinha, hortelã, alecrim, capim-limão, babosa, erva-cidreira, melissa, arruda, penicilina e boldo. A primeira colheita aconteceu no fim de julho, obtendo couve, almeirão e salsinha, dados para o vizinho que doou esterco para a horta.

DEIXE UMA RESPOSTA