Após investigações da Polícia Civil de Navegantes, foi identificado e, posteriormente, preso o suposto responsável por um latrocínio no último dia 27, crime que ocorreu em frente a um bar no bairro Pedreiras.

Daniel Douglas dos Santos Melo, de 18 anos, foi encontrado na terça-feira (07) pela manhã durante ronda da Polícia Militar, em Itajaí, cidade onde mora. Ele é apontado como o responsável pela morte de José Pagani, de 57 anos, carpinteiro naval. O crime ocorreu no dia 27 de janeiro, sábado, durante a tarde, na rua das Queimadas, no bairro Pedreiras. A vítima estava entrando no bar e mercearia Tonvida quando foi abordado pelo criminoso. O infrator apontou uma arma para José e pediu a chave da moto. Sem entender o que estava acontecendo, a vítima teria perguntando “o quê”, e em seguida o transgressor atirou contra o peito de José.

Conforme testemunhas relataram à Polícia Militar, dois assaltantes chegaram numa moto modelo Honda Fan, placa MFA-0784, de Navegantes, estacionaram e em seguida foram até o comércio, quando houve a abordagem. Por conta do disparo, José caiu no chão, agonizando, enquanto os bandidos pegaram a carteira, a chave da moto da vítima e saíram do local. Na fuga, os marginais deixaram cair um revólver calibre 38, com capacidade de seis disparos, municiado com cinco munições intactas e uma utilizada.

Moto furtada

A motocicleta utilizada no crime e deixada no local também havia sido furtada, no dia 26, na rua Carlos de Paula Seara, no bairro Gravatá. Enquanto isso, a moto da vítima, uma Honda Titan branca, placa MMJ-4107, de Navegantes, teria sido utilizada para outro crime cometido pela dupla — desta vez, um roubo a um mercado no município vizinho. O veículo foi encontrado dois dias depois, em Itajaí.

Investigação

Segundo um agente da Polícia Civil navegantina que preferiu não se identificar, por conta do trabalho pericial na motocicleta utilizada no crime e através de informações de uma testemunha anônima, foi possível identificar Daniel Douglas dos Santos Melo como o autor do latrocínio. Foi realizada a representação pela prisão preventiva do suspeito e o Judiciário acatou de imediato. Após o sinal verde, a delegacia de Navegantes solicitou o apoio de outras forças policiais, principalmente de Itajaí, cidade onde reside o cidadão.

Já na Canhanduba

A PM efetuou a prisão de Daniel, que foi encaminhado para o Completo Penitenciário do Vale do Itajaí, na Canhanduba, em Itajaí. De acordo com o policial civil, apesar da pouca idade, o preso já tem diversas passagens, como furto, roubo e receptação.

O segundo envolvido do crime ainda está sendo procurado pela investigação. A Polícia Civil espera conseguir extrair a identidade dele durante o interrogatório de Daniel.

 

DEIXE UMA RESPOSTA