O Outubro Rosa chegou ao seu fim nesta semana. Em mais um ano, a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) de Navegantes trabalhou durante todo o mês para conseguir conscientizar a população sobre a necessidade da prevenção contra o câncer de mama e de colo do útero.

Na terça-feira (30), foi encerrado o ciclo de palestras feitas pela RFCC. Ao todo, foram 12 palestras realizadas pela entidade, feitas em empresas do município, igrejas, no Grupo de Capoeira do Jeane Bárbara e na Infraero. Nessas conversas, as voluntárias informavam sobre as doenças, seus riscos e as formas de prevenção. No Aeroporto de Navegantes também foi realizada a recepção ao Avião Rosa da empresa Azul.

No último sábado (27), as voluntárias participaram do Sábado da Prevenção do Centro de Referência da Mulher e do Homem, entre as 8h e 17h, no bairro São Domingos I. Na ocasião, foram oferecidos atendimentos como mastologista e preventivos, planejamento familiar, testes rápidos de hepatite B e C, HIV e sífilis, além de ultrassons de mamas e trabalhos em grupo com psicólogos. Uma semana antes, no dia 18, as voluntárias também estiveram presentes na realização de exames preventivos na unidade básica de saúde do bairro São Pedro. Neste dia também aconteceu uma caminhada pelas ruas do bairro.

Pedal Rosa

No dia 21, domingo, ocorreu a segunda edição do Pedal Rosa, organizado em parceria com a RFCC e a Associação Navegantina de Ciclismo (ANC). O evento uniu ciclistas de toda a cidade para um passeio ciclístico que celebra a causa do mês. O público estimado na pedalada, segundo a organização, girou em torno de 200 pessoas.

Camisetas

Por ser uma entidade sem fins lucrativos e sem ligação com o Poder Público, tudo o que a Rede Feminina arrecada é por sua conta própria. Uma das maneiras de levantar fundos para ajudar a custear atendimentos (consultas e exames) para as mulheres acometidas pelo câncer no município é a venda das camisetas temáticas do Outubro Rosa. Em números finais, segundo a presidente da Rede, Eliana Cabral, foram vendidas 3,3 mil camisetas, marca bastante expressiva. Como as peças começaram a ser comercializadas antes de outubro, durante o mês da campanha restavam apenas poucas unidades, o que mostra o engajamento da comunidade com a causa.

A RFCC

Hoje a RFCC conta com sede própria, localizada na avenida Conselheiro João Gaya, 1156, no Centro, e é composta por cerca de 40 voluntárias que dedicam o seu tempo para ajudar àquelas mulheres em necessidade.

DEIXE UMA RESPOSTA