No dia 02 de setembro (domingo), acontece um mutirão de castração a preço social, em Navegantes. Na oportunidade, serão castrados 150 animais, entre gatos e cães, numa clínica veterinária móvel, que ficará parada no estacionamento do Top Haus, no bairro Gravatá, nos períodos matutino e vespertino.

A iniciativa é uma parceria entre as voluntárias da Turma do Focinho Feliz com a médica veterinária Marina Dante, dona de um projeto que realiza mutirões de castrações com baixo custo por várias cidades dentro e fora do estado. Navegantes possui o Departamento de Assistência e Bem-Estar Animal (Daba) para realizar a castração de animais de rua e cujos tutores pessoas possuem baixa renda, porém há também aqueles que não se encontram em situação financeira tão confortável para pagar o preço normal de uma castração. É isto que defende Sorilei Thiele Dapper, voluntária e coordenadora do grupo de defesa animal.

Das 150 vagas para o dia do mutirão, já foram garantidas 91 até o fechamento desta edição.

Pagamento

O pagamento da castração é feito no ato da inscrição. Isto, segundo Sorilei, é por uma questão de segurança, para evitar que as vagas sejam reservadas e, por ventura, a pessoa acabe desistindo de levar seu animal. O mutirão, afinal, tem custos e precisa da garantia para ser realizado. Animais de outros municípios também podem participar – já há inscritos de Balneário Camboriú, Itajaí e Penha.

A entidade

A Turma do Focinho Feliz mensalmente realiza castrações através de fundos por ela levantados. Porém, a média costuma ser de cinco a seis cirurgias por mês. Desta vez, o número é bem maior. Na concepção do grupo, o procedimento é uma medida, no curto prazo, para evitar o descontrole populacional de cães e gatos na cidade, sendo que muitas crias acabam sendo abandonadas pelos donos, marginalizados e, consequentemente, vão se reproduzindo. A aposta dos voluntários para o longo prazo está na educação das novas gerações.

O projeto

O Projeto Castração, da veterinária Marina Dante, foi criado para ajudar no controle de natalidade de cães e gatos com o intuito de demonstrar ao poder público, instituições, colegas veterinários e voluntários que é possível haver um controle populacional desses animais. A conscientização é realizada através desses mutirões de castração, educação da população com palestras, folders e cartazes para o público em geral.

Como participar?

Quem tiver interesse em participar do mutirão pode entrar em contato pela página da Turma do Focinho Feliz no Facebook ou pelos telefones 99148-2427 e 99934-0500.

DEIXE UMA RESPOSTA