Pais de alunos de uma creche do bairro São Pedro, em Navegantes, demonstraram preocupação por conta de casos de impetigo registrados na unidade de ensino infantil do município. Ao todo, 25 apresentaram a enfermidade, altamente contagiosa. Entretanto, a Secretaria de Educação tomou as medidas cabíveis para impedir que o contágio fosse adiante.

As reclamações mais recentes se deram porque no início de abril houve, de fato, um pequeno surto no Centro Municipal de Educação Infantil Professora Alciréia Conceição Couto, onde 25 das cerca de 200 crianças, entre 03 e 05 anos, apresentaram a doença. Contudo, após a unidade ter sido devidamente dedetizada, dois alunos ainda continuaram com os sintomas e os pais deles persistiram em levá-los para a creche. Isto fez com que houvesse novamente uma movimentação para conscientizar essas pessoas, que pararam de levar seus filhos ainda enfermos para a unidade de ensino.

Segundo Rômulo César Pereira, secretário adjunto de Educação, no início de abril algumas crianças da unidade de ensino começaram a aparecer com feridas na pele. As professoras relataram para a diretora, que pediu ajuda à secretaria. A Secretaria de Saúde e, mais especificamente, a Vigilância Sanitária e a Vigilância Epidemiológica, foram acionadas para estudar a situação.

Foi dado auxílio

Funcionários da Saúde foram enviados para a creche, onde identificaram que as crianças estavam com impetigo. Foi feito um trabalho individualizado com cada aluno, tudo com autorização dos responsáveis, pois foi enviado um comunicado aos pais avisando que esse atendimento aconteceria. “As crianças que precisavam de isolamento e tratamento, receberam atestado médico e auxílio da prefeitura no tratamento”, contou Rômulo.

Desinfecção

Em paralelo, a Vigilância Sanitária recomendou que fosse feito um trabalho de desinfecção na creche, incluindo raspagem de toda a areia do parque do educandário com produto químico, tendo sido lavadas as salas, colchões e pátio da escola. O trabalho foi realizado nos dias 13 e 14 de abril, sexta-feira e sábado respectivamente, período em que não houve expediente para os alunos na unidade.

O que é?

O impetigo é uma infecção de pele altamente contagiosa, que provoca feridas vermelhas, principalmente no rosto. Um enfermo costuma se curar em curto prazo, dentro de alguns dias geralmente. A doença é transmitida por contato com a pele e afeta principalmente bebês e crianças. Antibióticos reduzem a infecção e podem ajudar a evitar a propagação a outras pessoas. O paciente deve seguir as ordens médicas até o final do tratamento, jamais o interrompendo antes do prazo estipulado. Manter a higiene da criança também ajuda na prevenção da enfermidade.

DEIXE UMA RESPOSTA