Na quarta-feira (29), aconteceu o lançamento do Projeto Estrelas do Mar, edição 2017, na Escola Municipal Professora Maria Ivone Muller dos Santos, no bairro São Paulo. O projeto é realizado com apoio da Portonave, por meio do Fundo para a Infância e Adolescência (FIA), e com patrocínio do Instituto Portonave. Neste ano, serão oito escolas navegantinas participantes, que receberão oficinas socioambientais, atingindo cerca de 400 alunos.

Participaram do lançamento representantes da Portonave, do Instituto Ilhas do Brasil (responsável pelo desenvolvimento do projeto), membros do Grupo de Trabalho de Educação Ambiental de Navegantes (GTEAN), a superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fuman), Cláudia Angioletti, e o secretário-adjunto de Educação, Romulo César Pereira.

O grande objetivo do projeto é promover a educação ambiental e despertar para o protagonismo das crianças e jovens entre seis e 18 anos, que vivem em comunidades de pesca artesanal e cidades costeiras do Brasil, no cuidado com o meio ambiente. Pelo ótimo trabalho desempenhado, o projeto é reconhecido como uma tecnologia social.

Serão contempladas

Em 2017, serão oito unidades de ensino contempladas pelo projeto. Seis dela são municipais: Maria Hostim da Costa, Professora Izilda Reiser Mafra, Rosa Maria Xavier de Araújo, Professora. Badia de Faria, Professora. Maria Ivone Muller dos Santos. As duas remanescentes são estadual (São José) e particular (Sinergia).

16 turmas formadas

A estimativa é que sejam formadas 16 turmas, envolvendo em torno de 400 alunos em atividades do projeto, como workshops sobre respeito ao meio ambiente, cidadania, filosofia, habilidades sociais e valorização da cultura local. Serão 64 oficinas distribuídas pelas oito escolas selecionadas.

Como irá acontecer?

Conforme informa a assessoria da Portonave, todas as atividades acontecerão no espaço de cada escola, contribuindo para uma educação integral de qualidade. Estão sendo planejadas ações fora dos muros das escolas, como algumas vivências e atividades de campo para complementar os ensinamentos das oficinas. Além disso, será realizada a doação de cartilhas educativas, desenvolvidas pelo terminal portuário, onde constarão informações sobre as características e necessidade de preservação da área de restinga da praia de Navegantes.

Segundo ano

A Portonave está patrocinando o projeto pela segunda vez. Em seu primeiro ano como patrocinadora, em 2016, foram 270 crianças e adolescentes atendidos, que participaram de 12 workshops sobre separação de resíduos realizados em três escolas da rede municipal de ensino de Navegantes.

DEIXE UMA RESPOSTA