Acontece na próxima semana, sábado (10), a primeira edição do Dia da Cãosciência. O evento, realizado em parceria com a Prefeitura de Navegantes, o Ministério Público de Santa Catarina e a Polícia Militar, tem como objetivo chamar a atenção para o abandono e maus-tratos de animais domésticos e conscientizar a população sobre a posse responsável e sobre as políticas públicas de bem-estar animal. Na data haverá algumas atrações, incluindo feira de adoção. O evento acontece das 9h às 17h, na Praça da Praia Central.

Na ocasião, o Departamento de Assistência e Bem Estar Animal (DABA) irá disponibilizar para adoção 18 cães para adoção responsável. O número chegava a 20, mas dois deles já tiveram uma nova casa garantida antes mesmo de a data chegar. Segundo o coordenador do departamento, Paulo Renato Crispim, esses animais estão sob seus cuidados por motivos e períodos de tempo diferentes. “Foram atropelados, perderam uma perna, sofreram na rua, têm medo de pessoas. Eles vêm, são castrados, reabilitados e voltam pra rua. São microchipados, catalogados”, comentou. “Esses animais ficaram provisoriamente e alguns por muito tempo. Não conseguiram adoção, não conseguiram a reinserção”, completou.

Polícia Militar

Além da feira, o evento contará com a participação da Polícia Militar, que fará uma apresentação especial com seus cães policiais. Haverá a distribuição de 200 mudas de árvores nativas, obtidas por meio de compensação ambiental, pela Fundação do Meio Ambiente de Navegantes (Fuman) e com a exposição no Museu Oceanográfico da Univali.

Animais silvestres

O Dia da Cãosciência possibilitará a entrega voluntária de animais silvestres às autoridades ambientais, sem nenhum tipo de penalidade. Também serão entregues cartilhas educativas de proteção animal cedidos pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina.

Seres sencientes

De acordo com a organização, esta ação é para lembrar a sociedade que cães e gatos são seres sencientes, ou seja, dotados de sistema neurossensitivo, que os permite receber estímulos externos e ambientais. Logo, são capazes de sentir, o que torna experiências como crueldade, maus-tratos e abandono algo totalmente negativo – o sofrimento, portanto, é real.

Visitação dos cães

Os animais que irão à feira podem ser visitados diretamente na sede do Departamento de Assistência e Bem Estar Animal, localizado na avenida Prefeito José Juvenal Mafra, 916, Centro, que fica aberto de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. O telefone do estabelecimento é o 3342-4964.

DEIXE UMA RESPOSTA