Falta coragem

Desde que assumiu o governo, em janeiro de 2017, Emílio Vieira (PSDB) vem prometendo fazer uma reforma administrativa e afastar algumas pessoas, integrantes remanescentes da gestão de Roberto Carlos de Souza que integram a banda podre do paço, mas já passou o Carnaval de 2019 e até agora nada. O capilarmente desafortunado prefeito parece não saber para que lado correr e não se elege mais nem para síndico de prédio se teimar em conduzir o governo com quem e como vem fazendo. Ele dorme com o inimigo e já citei, tem o rabo preso com esta gangue, ou não sabe o que fazer. Quem paga esta conta? O cidadão navegantino.

Unha e carne

A verdade é que não dá para dissociar Roberto de Emílio e a culpa por isto é o atual prefeito ter mantido em cargos estratégicos a turma que foi do Bob e que hoje apunhala o chefe do Executivo pelas costas. Não há como negar ser este o terceiro e, sem dúvida, o pior governo de Bob Carlos. É a continuidade, pois até as pessoas são as mesmas. Setores do governo estão emperrados, muita coisa não funciona, porque os membros do primeiro escalão jogam na turma do quanto pior melhor. Falta independência ou coragem para mudar, infelizmente.

Como fica?

Estamos entrando na fase decisiva para as primeiras articulações com vistas às eleições de 2020. Obviamente há muita água para rolar ainda, sendo que definições só iremos tê-las lá pela metade do próximo ano. Contudo, já é possível prever que no próximo ano Emílio ficará sozinho com o PSDB, perdendo todo o arco de alianças. O primeiro a dar um pé na bunda do alcaide será o PSD, que hoje conta com três vereadores. A sigla já negocia com um ex-prefeito corrupto que deve aportar por lá. O ninho tucano ficará bem menor quando isto acontecer, pois já tem tucano traíra, com e sem mandato, que assinou a ficha de filiação e irá esperar apenas a janela para troca de partido, em março do próximo ano.

Manda brasa

O MDB é a incógnita da vez. Há uma queda de braço no mais tradicional partido navegantino e resta saber se a sigla, que já deu as cartas na cidade por muitos anos, aceitará compor com algum outro partido e virá a reboque, no máximo cedendo o vice na majoritária, ou lançará chapa própria. O emedebe sofreu diversas baixas e caso não retome o campo perdido, principalmente com suas reuniões e articulações de bairro em bairro, poderá terminar virando pó em pouco tempo. Hoje a agremiação depende dos conselhos da turma de ontem, mas precisa colocar à frente sangue novo. O desafio é grande e há muito trabalho.

Frigir dos ovos

Das quatro siglas com representação na Câmara Municipal de Vereadores de Navegantes, o PT parece ser a com menores chances de lutar pela sucessão de Emílio, mas foi, ao menos nas últimas eleições, parceiro do MDB, emprestando o cabeça de chapa para as eleições de 2012 e nomeando o vice em 2016. A dificuldade a qual me refiro é em razão de que sou capaz de apostar, o que for preciso, de que o principal nome petista, Murilo Cordeiro, estará longe dos trabalhadores no ano que vem. Vida fácil PSDB, PSD e MDB não terão, mas nada comparado ao Partido dos Trabalhadores que carece de renovação em seus quadros local.

Deixa rolar

Ainda é cedo para cravar previsões mais consistentes do que essas mencionadas. Há uma tendência de que as siglas que representam a nova política, leia-se PSL e Partido Novo, terão chance de surpreender, caso se repita o fenômeno das eleições do ano passado e consigam se organizar. A única certeza é que Emílio tem pouco tempo para dar uma guinada no governo, caso sonhe com a reeleição. Alguns partidos de aluguel como o Partido da República (PR), por exemplo, não estarão ele, caso queira disputar novamente o paço. Fora colocar o governo nos trilhos, o alcaide tem a difícil missão de montar uma consiste nominata de vereadores, o que, com seu poder de articulação, parece impossível nesse momento.

Pacto com o chifrudo

Tem um ex-prefeito louco para voltar ao poder que está fazendo literalmente o diabo para ser candidato. Já tenho registro fotográfico do gajo em questão que se deixou clicar ao lado do membro de uma seita satânica. Pior, disse que irá fazer desse sócio do capeta o vice-prefeito de sua chapa. O que chama atenção é que o político citado é visto em igrejas evangélicas, missas e eventos católicos, enfim, em termos ecumênicos, o cara é total flex. Em breve falarei mais. Lembrem da Dilma Rousseff (PT), quem faz o diabo para vencer a eleição, depois transforma o mandato em um inferno.

Algo será feito?

No Dia Internacional da Mulher, O Navegantes publica dois episódios envolvendo tentativas de feminicídio. Uma mulher ficou desfigurada após apanhar do marido, enquanto segurava no colo o filho do agressor, um bebê de apenas seis meses. Em outro, uma jovem foi atingida por três disparos de arma de fogo de um marginal que depois enfrentou a polícia e acabou morto. Essa é a prova irrefutável de que não há, no Brasil, políticas públicas eficientes no sentido de reduzir a violência contra a mulher que, para dizer o mínimo, é preocupante e revoltante.

<>SOBE<>

Em 29 de março será realizada audiência pública para apresentar o estudo do transporte público para Navegantes. Primeiro ato para licitação da concessão

<>DESCE<>

A empresa que organizou o carnaval priorizou a comunicação fora de Navegantes, deixando o principal convidado, o cidadão dengo-dengo, de fora da festa

DEIXE UMA RESPOSTA