Rota de colisão

Fonte com morada no paço municipal soprou nas enormes e mal formadas orelhas deste irrequieto colunista que o prefeito Emílio Vieira (PSDB) e o vice, Donizete José da Silva (PSB), teriam discutido recentemente, de maneira bastante ríspida, em função de uma mentira contada por um vereador, do qual não citarei o nome, mas que pretende emplacar o filho em uma importante secretaria e, para tanto, não vem medindo esforços, nem que para isto precise espalhar inverdades como forma de se fazer amigo do alcaide.

Os fatos

A base da ilação principia no relatório final da CPI do Carnaval e envolve até mesmo o presidente da Câmara Municipal, vereador Samuel Paganelli (PSDB). O que chama atenção é que a história em questão não possui um único indício de veracidade, pois ainda que o mentiroso parlamentar mudasse o texto do documento, conforme ele mesmo afirma ter sido coagido a fazê-lo, não haveria a menor possibilidade de tal armação encontrar guarida no plenário do Legislativo, onde de fato toda esta questão será resolvida. O conto não tem pé, tampouco cabeça.

Muita calma

O paço municipal vem sendo chacoalhado por intrigas e fofocas, por um único motivo, o gabinete do prefeito é terreno fértil para este tipo de atitude. Donizete e Samuel seguraram a bandeira de Emílio na campanha de 2016, são dois homens de passado e conduta ilibados, não poderia o prefeito deixar-se enganar de forma tão inexplicável. A conquista do poder precisa acompanhar a certeza de que muitos tentarão emprenhar o governante pelas orelhas, semeando a discórdia e contando-lhe histórias que o agradem, mesmo que inverídicas. Na bíblia temos casos que corroboram o que afirmo. A palavra de ordem é cautela.

Outros afazeres

O governante precisa se vacinar contra o isolamento e ampliar a base de oitivas. Não estou fazendo críticas ao prefeito Emílio, apenas valendo-me de uma dose de audácia para aconselhá-lo sobre o deserto que acolhe aqueles que ascendem política ou socialmente. Os fatos citados atingiram em cheio pessoas que merecem consideração. O vice prefeito teria cogitado até mesmo deixar o governo, o que seria um duro golpe à estrutura do grupo que administra a cidade. Há muitos problemas maiores em Navegantes carecendo de providências, penso não haver tempo a ser perdido com picuinhas e picardias.

Reincidência

Não se trata de caso isolado, porque até o coordenador da Defesa Civil, meu amigo e parceiro Evandro Argenton, foi vítima de caso semelhante. Fora acusado de gravar áudio com conteúdo desfavorável ao governo. Não vou sequer entrar no mérito se o fez ou não, pois se trata de embasamento assessório que tomaria muita explicação e laudas, mas ainda que houvesse gravado, deveria receber uma reprimenda e nada mais do que isto. Mas fizeram uma tempestade em copo d’água e o servidor teve sua honra e privacidade devastadas. Tiraram-lhe até o computador, o qual fora vasculhado em buscas sem nexo ou fundamento.

UFC na secretaria

Por falar nisto, o secretário de segurança Johnny Coelho, teria agredido o coordenador da Defesa Civil, Evandro Argenton. O caso já fora relatado em um boletim de ocorrência devidamente registrado. Enquanto sobra tempo para Johnny avacalhar com o colega de trabalho, falta tempo para ele fazer o que deve ser feito, como por exemplo, mudar aquele vergonhoso ponto de ônibus lá no Gravatá, o qual coloca a população em risco e que o secretário afirmara que iria tomar providências. Sem contar a prevaricação em respeito ao trânsito de veículos de tração animal na área urbana da cidade.

Lamentável

Quem vem sendo vítima da imprensa marrom e do Canhanduba News, aquele periódico cujo dono pratica assalto a mão armada, é a chefe de gabinete do prefeito, Solange Sutil. A mulher, braço direito e da mais alta confiança de Emílio, é desafeta da editora oculta do devezenquandário, a primeira dama da cornualha. Sol, como é carinhosamente chamada, virou alvo por ter uma estrela que brilha, o que gerou a ira naquela que foi sem nunca ter sido, a amante do ex-marido. Infelizmente este é o resultado da proximidade com o poder, pessoas se tornam o para raios de invejosos.

Confiança

E já que toquei no nome de Solange, vale ressaltar a capacidade desta servidora, que acompanha a trajetória do prefeito há muito tempo, sendo de honestidade e confiabilidade que não é comum nos dias de hoje. Normalmente neste espaço utilizo os comentários para jogar pedras, não flores, mas realmente me senti na obrigação de fazer tal ressalva, pois não suporto injustiças e ainda que não compactue com todos os posicionamentos da chefe de gabinete, sei de seu imenso valor.

Eles se merecem

Escrevi na semana passada que o ex-prefeito enroladão com a Justiça, Roberto Carlos de Souza, está de malas prontas para embarcar no PR e citei que a agremiação é comandada, de fato não por direito, pelo ex-presidiário Valdemar da Costa Neto. Agora o presidente da sigla, Antônio Carlos Rodrigues, encontra-se atrás das grades, acusado de corrupção. Bob encontrou um lugar para chamar de seu, pois com tantos escândalos de podridão no Partido da República, o Rei, como ficara conhecido nas planilhas de propinas da Odebrecht, vai se sentir totalmente em casa, devendo até mesmo levar consigo os irmãos.

DEIXE UMA RESPOSTA