Profissionais da Portonave se mobilizaram para limpar a Ponta da Divinéia, como é conhecida a última curva do Rio Itajaí Açu – ao lado direito do terminal, fazendo limite com o último berço de atracação. A ação aconteceu no sábado (01). Em um prazo de três horas, o grupo de nove pessoas conseguiu recolher mais de 70 sacos de 200 litros com os resíduos coletados. O material foi pesado e passou por triagem. Ao todo, a soma chegou a 360 kg. Uma quantidade de 90 kg será encaminhada para reciclagem, enquanto o restante dos dejetos foi encaminhado para o descarte adequado de acordo com a característica do resíduo.

Participaram da ação os funcionários Luis Carlos Possamai, Guilherme Kluge Schetinger, Marcos Casagrande Bitencourt, Eriton Bornhausen Erbs, Emerson Bornhausen Erbs, Filemom Alves, Kamille Maynardes Simas Oliva e Silvia Mendes, além do prestador de serviço Antonio Hoth Dias. A ação foi promovida pela Área de Segurança e Meio Ambiente e deverá ser realizada outras vezes.

O analista de Meio Ambiente Guilherme Schetinger explica que os resíduos, compostos em sua maioria por plásticos, prejudicam a biodiversidade e, quando chegam ao mar, representam ameaça para animais como tartarugas, aves e peixes – que confundem os dejetos com alimentos ou podem ficar presos a eles.

Tem muito mais

“O volume de resíduos que recolhemos representa uma pequena parte do que está naquele local. O mais importante é sensibilizar a comunidade sobre a importância do descarte adequado”, destacou.

Vai repetir

Esta foi a primeira vez que funcionários da Portonave fizeram esse tipo de ação, neste local em especial, e deve ser a partir de agora algo recorrente. Algo que também chamou a atenção, mas de uma forma bem humorada, é a quantidade de dejetos deixados por capivaras na localidade.

Ações importantes

A Portonave participa de outras ações semelhantes. Uma delas é o Limpando o Mundo, mobilização que envolve estudantes e voluntários na limpeza de rios e praias catarinenses. A outra é o Juntos Pelo Rio, em alusão ao Dia Mundial da Água, em que mutirões se organizam para o mesmo propósito – neste ano, por exemplo, o evento teve sua sétima edição, sendo retirados 3.650 quilos de lixo do Rio Itajaí Açu, em frente ao estacionamento da prefeitura, na Foz do Rio Gravatá e na praça do Pontal.

DEIXE UMA RESPOSTA