Navegantes completa 55 anos de sua emancipação política e administrativa amanhã, sábado (26). Durante o dia, algumas celebrações irão ocorrer na cidade para marcar o aniversário. Uma delas é a sessão solene, que ocorrerá na Câmara de Vereadores, às 10h.

Segundo o presidente do Legislativo, Samuel Paganelli, foram convidados para a celebração todas as entidades, ex-prefeitos, secretários e afins. E a população também está convidada.

Estando à frente do parlamento durante esta efeméride, Paganelli se diz orgulhoso do trabalho sendo feito na Câmara neste ano. Em 2017, ele celebra a aproximação dos vereadores com o público. Uma das ferramentas para isso, segundo o edil, são as redes sociais. A Câmara retomou sua página no Facebook e passou a interagir mais ativamente, transmitindo ao vivo as sessões legislativas não somente em seu site oficial, mas também em sua página. A transmissão também melhorou, sendo agora em HD e quase eliminando o travamento.

Transparência

Paganelli também destaca a transparência em algumas ações, como todas as preposições dos vereadores indo parar no site oficial da Câmara e a limitação de diárias para os vereadores e demais funcionários da casa do legislativo – são destinadas até, no máximo, duas por pessoa.

Sem privilégio

Como conta Paganelli, sendo presidente, ele acaba viajando mais do que os demais companheiros, chegando até a 10 viagens por mês. Porém, ele só ganha duas diárias de qualquer maneira. Nesse ano também mudou o valor recebido pelo presidente, que antes ganhava quase o dobro que os demais edis, mas isso foi retificado.

Viatura para a PM

Uma iniciativa consciente da Câmara nesta semana foi a devolução de um cheque no valor de R$ 100 mil para o Executivo. A solenidade, ocorrida no gabinete do prefeito em exercício Donizete José da Silva, aconteceu na manhã de quinta-feira (24). O montante será utilizado na compra de duas novas viaturas, totalmente equipadas, para o 25º Batalhão de Polícia Militar de Navegantes.

Antes da temporada

O valor repassado ao Executivo só ocorreu após votação de requerimento em sessão ordinária da Câmara, realizada no último dia 14. Por unanimidade, os vereadores aprovaram o pedido. Costumeiramente, o Legislativo, sempre em dezembro, devolve valores não gastos ao longo do ano para o Executivo, dinheiro que é utilizado então para várias áreas. No entanto, na percepção de Samuel, se fazia necessária a devolução agora para dar tempo de a viatura estar à disposição da PM até o início da temporada.

Burocracia

Entre entregar o dinheiro para a prefeitura realizar a licitação, comprar e receber o veículo, isso levaria em torno de três meses – ou seja, o carro estaria disponível no final da temporada, comprometendo o trabalho da polícia. Agora, tranquilamente a viatura estará nas ruas até o verão.

DEIXE UMA RESPOSTA