Uma turma de alunos de ensino para jovens e adultos (EJA) do Sesi, em Itajaí, realizou um trabalho para as disciplinas de humanas, que consistiu em fazer um site dando detalhes sobre a história de Navegantes, sejam dados como períodos do governo de cada prefeito, passando pelo histórico sobre o Navegay até entrevistas com pessoas que contribuíram de alguma forma para o desenvolvimento do município.

São os responsáveis pelo desenvolvimento do projeto dois professores, Isackson Luiz Cavilha Mendes e Bruno Saraiva Camara, juntamente com uma relação de 20 alunos, todos trabalhadores da indústria – mais especificamente do Estaleiro Detroit. A idade deles varia entre 25 a 42 anos, em média. Para o levantamento de dados para composição da página na internet, foi levado em torno de dois meses e meio de trabalho dos alunos – parte da demora se deve ao fato de as aulas ocorrerem uma vez por semana. E o resultado final pode ser visto no endereço eletrônico https://sites.google.com/view/conhecanavegantes, que está no ar deste o fim de 2017.

Trabalhadores

Segundo a professora Ilza Cláudia Muller Biz, supervisora de educação no Sesi, a instituição trabalha com jovens e adultos, sempre promovendo o ensino para trabalhadores da indústria, para elevar a escolaridade deles e lhes proporcionar mais autonomia no trabalho, além de maior rendimento.

Fundo histórico

Fazer o levantamento sobre Navegantes, para a professora, foi uma maneira de valorizar onde essas pessoas (ao menos, boa parte delas) moram e trabalham, abrir novos horizontes e ver que muitas coisas que passam despercebido pela população em geral têm um fundo histórico.

Impressionante

Apesar de ter um design simples, o foco está no conteúdo, dividido em “história de Navegantes”, “festas”, “economia” e “depoimentos”. Para Ilza, o trabalho é impressionante, especialmente porque alguns alunos estavam há mais de uma década sem estudar.

A instituição

O Sesi oferece educação para jovens e adultos de forma gratuita para aqueles que não terminaram o ensino médio no passado e estão trabalhando na indústria e também na construção civil. O tempo de formação dura, em média, cerca de um ano e oito meses de estudo. Para adentrar é necessário levar documentos como carteira de identidade, cópias de comprovante de residência, carteira de trabalho, histórico escolar e foto 3×4. Mais informações podem ser adquiridas no telefone (47) 3341-2813.

DEIXE UMA RESPOSTA