Ao longo desta sexta-feira (29), acontece a feira de adoção de animais castrados do Departamento de Assistência e Bem-Estar Animal (Daba) e da ONG Pró-Bichos. O evento acontece no Daba, localizado na avenida Prefeito José Juvenal Mafra, 916, no Centro, das 9h às 16h. Para realizar a adoção dos animaizinhos é necessário apresentar RG, comprovante de residência e ser maior de 18 anos.

Os animais postos para adoção nesta feira fazem parte de um resgate realizado por voluntários e o pessoal do Daba em um local, no bairro Escalvados. A Pró-Bichos recebeu uma denúncia de que cachorros estariam passando fome na localidade. Porém, a situação era muito pior. Os bichos estavam vivendo dentro de um galpão de madeira mau cuidado, literalmente um chiqueiro, pois ali era mantida uma criação de porcos. Os cães estavam se alimentando de lavagem (restos de comida misturados e fervidos), que costumeiramente é direcionado para a criação de suínos.

Em julho de 2018, também foi realizada uma feira de animais que estavam na mesma situação, retirados do mesmo local. Segundo os relatos, desta vez são cerca de 40 animais, que aos poucos estão sendo resgatados por voluntários. A 4ª Promotoria do Ministério Público foi acionada pelo Daba para que a família dona desse galpão seja proibida de reter novamente animais e seja oferecida alguma solução para a questão.

Feiras mensais

A pretensão do Daba é realizar uma feira de adoção por mês, na praça da Praia Central, daqui pra frente, agora sempre contando com a parceria de grupos de voluntários em prol do bem-estar animal, como Pró-Bichos e Mil Patinhas.

Mudanças

Algumas mudanças ocorreram no Daba, desde que a secretária da Saúde, Marluza Trevisan, tomou a iniciativa de focar mais no departamento, que notoriamente vinha sofrendo com problemas, a ponto de o município ter de pagar à Justiça R$ 2.498.724,75, por descumprimento de dois Termos de Ajustamento de Conduta (TACs).

Estrutura

O corpo de trabalho teria aumentado – com o número atual de quatro veterinários. No momento são feitas 10 castrações por dia de animais de rua ou de famílias de baixa renda – o termo prevê 20.

Animais resgatados

A administração afirma ainda que o Daba tem dado mais atenção no local para animais resgatados, como internações e cirurgias (estas realizadas por clínica terceirizada), além de abrigo pós-alta e cuidados médicos (troca de curativos, aplicação de colírio, até medicação).

Números

Entre 07 de janeiro e 11 de março deste ano, foram realizados 229 procedimentos de castração em cães e gatos, 61 atendimentos a animais em sofrimento, mais de 70 resgates, mais de 90 atendimentos em locais de origem, quase 200 animais vacinados e 80 atendimentos veterinários por meio de clínica conveniada.

Mudança

Com um grande número de animais abrigados hoje no Daba, além no maior número de atendimentos, espera-se que o departamento mude de endereço, indo para a Meia Praia, até o final de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA